terça-feira, 8 de julho de 2008

Asas à cobra





Ter 15 anos é se sentir gente, mas na verdade é começar a virar gente.
É ser romântica, ter mil idéias (muitas vezes inviáveis), se apaixonar platonicamente mil vezes, estar com uma pele de pêssego, linda e maravilhosa, mas infelizmente, não saber disso.

Nada como ter o dobro da idade e, mesmo não estando com tudo em cima, ter poderes que nem imaginávamos existir, para fazer acontecer.



Lauren, Juliana, Clarissa e Júlia começando a tomar conhecimento dos seus "poderes".

2 comentários:

DuSantos disse...

Parabéns Cris.
Muito linda as suas fotos.

Bjos,
DuSantos.

Elena disse...

Cris, tá bonito demais esse blog. Amei, amei.